Just-In-Time significa que cada processo deve ser suprido com os itens necessários, no momento certo, na quantidade necessária e no local certo. A viabilização do JIT depende de três elementos intrinsecamente relacionados: fluxo contínuo, takt time e produção puxada.

O fluxo contínuo é a resposta à necessidade de redução do lead time de produção,  no limite, um fluxo unitário, onde não há estoques em processo.

O takt time é o tempo necessário para produzir um componente ou um produto completo, baseado na demanda do cliente. Em outras palavras, o takt time associa e condiciona o ritmo de produção ao ritmo das vendas.

Na lógica da “produção puxada”, o fornecedor produzirá somente quando houver demanda de seu cliente, podendo ser viabilizada através do kanban, um sistema de sinalização entre cliente e fornecedor que informa ao processo fornecedor exatamente o que, quanto e quando produzir.